Como planejar e otimizar o gerenciamento de estoque

PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE ESTOQUE

Como planejar o gerenciamento de estoque

É conhecido como mercadoria em depósito ou estoque com a quantidade de produtos dos quais dispõe o armazém de uma empresa.

O termo anda de mãos dadas com o inventário, que é o documento onde as mercadorias armazenadas ou em estoque são registradas.

Quando falamos de inventário existem três tipos de custos:
1 – Custos associados aos fluxos.
2 – Custos associados à mercadoria em depósito ou em estoque.
3 – Custos associados a processos.

No caso dos custos das mercadorias em depósito, outros tipos de custos relacionados ao estoque também são incluídos. Por exemplo: armazenagem, perdas, degradação de mercadorias, deterioração, roubo e rupturas.

Para realizar uma boa gestão de estoque, é necessário ter um depósito. Lá, é necessário que os produtos sejam organizados corretamente e que um local específico seja atribuído a eles. Desta forma, eles serão fáceis de encontrar e o local terá uma boa gestão.

Primeiro, faça uma lista de todos os produtos que você tem no depósito e detalhe os tipos e quantidades dos produtos. Se você tiver uma grande quantidade de um item, sugerimos que você descarte os danificados e faça uma oferta com os outros. Isso no caso de você não querer mais tê-los.

Segundo, remova todos os obstáculos do depósito para limpar bem a área e classificar todos os produtos.

Terceiro, recomendamos dividir a mercadoria por categoria, de acordo com o tipo, tamanho e quantidades. Sugerimos, por conveniência, colocar os itens maiores e mais pesados ​​no fundo e aqueles que você mais usa em um local de fácil acesso.

Além disso, é importante rotular os elementos por seção e com seus nomes. Isso ajuda qualquer pessoa que acessa a loja a encontrar qualquer produto.

Por fim, organize as informações das mercadorias armazenadas em um programa de computador para ajudá-lo a rastrear o estoque e fazer pedidos de novos produtos.

PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE ESTOQUE

Como otimizar o gerenciamento do almoxarifado

A gestão logística de uma empresa é voltada para a satisfação do cliente. No caso da gestão de armazéns , trata-se de um processo fundamental para reduzir os custos associados aos fluxos de materiais e informações nas empresas, bem como se uma empresa é capaz de atender aos níveis de serviço comprometidos com seus clientes. com considerações de eficiência, tanto em operações como em movimentos.

Entre os problemas mais comuns no processo de armazenamento estão:

– Perda de tempo na busca de produtos por falta de conhecimento de sua localização.

– Perda de rastreabilidade do produto e seus respectivos movimentos dentro da área de armazenamento.

– Falta de comunicação com outros processos, como, por exemplo, o processo de compras que resulta em não poder tomar decisões com informações confiáveis ​​em tempo real.

-Obsolescência do produto devido à falta de conhecimento do que é armazenado.

-Reformação de movimentos ao preparar o picking .

-Falhas na identificação de produtos.

– Perdas de tempo na realização de estoques devido a desconfiança do sistema.

Em geral, quando esse tipo de situação é apresentado em um depósito, é porque eles estão usando o método “caixa preta”, o que significa que você só tem conhecimento do que entra e do que sai, uma característica que o afasta completamente eficiência e competitividade.

No entanto, quando uma empresa trabalha com um sistema de gerenciamento de estoque, obtém as seguintes vantagens:

  •  Controle total de locais de armazenagem em tempo real.
  • Identificação identificada da melhor localização para cada produto ou mercadoria.
  • Controle da produtividade dos recursos humanos.
  • Inventário permanente
  • rastreabilidade de movimentos e produtos.
  • Otimização de movimentos.
  • Eliminação de erros humanos.
  • Diminuição da obsolescência.

Leave Your Comment Here