10 razões porque sua empresa não recebe clientes suficientes – Parte I

Criar uma empresa é uma tarefa árdua que exige uma visão global sobre diversos aspectos como vendas, marketing, gestão, Networking, entre muitas outras. E na base de todas elas, encontra-se uma em particular – Clientes.

Sem clientes é impossível ganhar dinheiro, fazer sua empresa crescer, ou alcançar qualquer outro objetivo que você tenha traçado. Muitos empreendedores quando começam, sentem imensa dificuldade em conquistar os primeiros clientes. Alguns insistem por um bom tempo, dedicam-se na espera de ver uma melhora nos números e quando se dão conta, já perderam tempo ou dinheiro demais e a empresa acaba fechando.

Neste artigo, vamos abordar algumas razões que possivelmente interferem na sua falta de clientes, e doravante, as possíveis soluções para estes problemas.

Para receber as atualizações desta série, sugerimos que assine nosso Conteúdo

1) Você está em um mercado que não domina

Esta é a primeira razão a ser observada quando alguém decide tornar-se empreendedor. Imagine você uma pessoa que trabalhou a vida inteira como advogado e decide montar uma empresa de informática, provalmente irá fracassar.

Quando você não tem conhecimentos sobre o mercado que atua, não percebe os pormenores que fazem a máquina mercadológica girar, não entende os clientes e outros fatores externos. Tudo isto influencia diretamente na qualidade do seu produto ou serviço e consequentemente na estagnação da sua clientela.

Possível solução para o problema

Neste caso você têm duas opções:

Desiste do mercado atual e procura explorar outro nicho que conheça bem.
Dedique-se a estudar e aprender mais sobre o mercado que atua.

2) Você possui muitos concorrentes

Alguns setores são demasiadamente concorridos, ou seja, existem um grande número de empresas/pessoas que oferecem o mesmo produto/serviço que você para o mesmo público-alvo.

Neste caso, os clientes optarão por empresas que melhor atendam suas necessidades e oferecem os menores custos.

Quando um nicho é muito concorrido, algumas empresas optam por abrir uma “guerra de preços”, não indicamos isto, pois você estaria matando sua margem de lucro.

Possível solução para o problema

Apostar em um diferencial é a melhor solução para destacar-se em mercados altamente competitivos. Faça uma análise SWOT, identifique os pontos fracos dos seus concorrentes e tente trabalhar em cima destas fraquezas. Melhore seu serviço de atendimento, acompanhamento pós-compra e se possível agregue novas funcionalidades ou valor ao seu produto e/ou serviço.

Uma outra opção: focar-se em um nicho mais específico. Por exemplo, digamos que você venda roupas em São Paulo, logicamente existem centenas de outras lojas que vendem o mesmo que você, mas quantas são focadas em vestimentas para esportisas por exemplo?

3) Você não ama o que faz

Pode parecer romantismo exagerado, mas no mundo dos negócios, amar o que faz é um diferencial. O motivo é mais simples do que parece, quando você não tem prazer na atividade que exerce e a faz tão somente por dinheiro, deixa de se ater ao perfeccionismo que o empreendedorismo exige. Como resultado você vai oferecer produtos de baixa-qualidade que não trazem nenhum valor ao cliente. Daí vem o boca-a-boca negativo e as coisas inevitalvelmente não vão dar muito certo.

Possível solução para o problema

Infelizmente não existem soluções lógicas para mudar algo tão subjetivo. Se você não gosta do que faz, ninguém poderá obriga-lo a faze-lo.

Você pode tentar mudar de ramo ou adequar sua empresa a algo que você gosta.

4) Seu ponto comercial não é bom

Se você investe em uma empresa física, o ponto comercial é um fator determinante para o sucesso ou fracasso de um empreendimento. Além de oferecer uma infra-estrutura básica para o desenvolvimento de todas as operações, um ponto comercial precisa disponibilizar um acesso fácil e cômodo aos clientes.

Por vezes, um ponto comercial que é bom para uma empresa Y não é para X. Tudo depende da infra-estrutura necessária e do público que circula no local.

Possível solução para o problema

Se você chegar a conclusão que seu ponto comercial não é bom, considere as duas opções: mudar para um local mais adequado ou adaptar o ponto comercial as necessidades dos seus clientes.

Se o seu problema for questões de acesso, comodidade, etc. tudo pode ser resolvido facilmente com algumas reformas.

Caso o problema seja mais complexo, como público alvo que circula nas proximidades ou número de concorrentes, você não terá outra escolha a não ser arcar com os prejuízos de uma mudança de ponto, e isto inclui transporte, publicidade, etc.

5) Você não usa as redes sociais como deveria

Não há como fugir. Qualquer empresa, independente do tamanho precisa ser pró-ativa nas redes sociais. É questão de sobrevivência.

Saiba que as redes sociais podem lhe render um novo cliente todos os dias. No final do mês serão 30, e ao final de um ano 365. Enorme diferença não?

Muitas empresas acham que marketing na internet é coisa de gente grande. Mero engano, a cada dia, mais micro-empresas migram para o Facebook e twitter.

Possível solução para o problema

Este é um problema relativamente fácil de se resolver, basta começar. Contrate uma agência especializada em marketing nas redes sociais e crie um blog empresarial. Coloque a imagem da sua empresa nas mãos de profissionais que sabem o que estão fazendo. Nada de contratar “sobrinhos” ou gente que promete coisas como “1000 seguidores em um dia”.

Leave Your Comment Here